Mara - Niveladoras Laser

Tecnologia GPS

gps_mara

Sistema GPS: ± 10 mm de precisão

O sistema GPS (Sistema de Posicionamento Global) surgiu em 1973 nos EUA e, em 2000, seu uso foi liberalizado para usos civis pelo governo norte-americano. Para tal, foi instalada no espaço uma rede de 13 satélites artificiais que firam em torno da Terra em alturas diversas, e que transmitem sua posição a todos os receptores de GPS. O receptor do GPS recebe os sinais dos satélites que fornecem a posição horizontal do receptor na Terra (longitude e latitude).

Nos últimos anos, por meio de software dedicados, foi obtida uma alta precisão, algo em torno de ± 10 mm, também na elevação (na indicação da posição vertical), graças ao sistema RTK (Real Time Kinematic), que fornece a posição em tempo real e com a frequência elevada dos sinais transmitidos (cerca de 10 Hz).

Descubra a operação e os componentes do sistema GPS

As máquinas MARA funcionam também sistemas de GPS e são compatíveis com todos os sistemas de GPS disponíveis no mercado. O funcionamento das niveladoras MARA GPS é como o das niveladoras com sistemas a laser, exceto pelo fato de que a altura de referência é fornecida diretamente pelo GPS. O sistema GPS pode ser usado para criar um plano horizontal, com 1 ou 2 inclinações, com declives variáveis ou com declives programados por meio de um software. As niveladoras MARA, controladas pelo sistema GPS, recebem os sinais que definem o plano a partir dos satélites e os copiam ao terreno. A precisão diferente obtida com esta tecnologia quando comparada à tecnologia a laser deve-se à menor precisão intrínseca dos sistemas de GPS, que também estão sujeitos a variações periódicas ligadas à mudança da constelação de satélites a cada 12,5 minutos. O sistema GPS fornece, por outro lado, uma grande flexibilidade de utilização, especialmente em terrenos grandes e com diferentes declives, e é também usado em outros tipos de trabalhos, tanto em áreas agrícolas, quanto para construção civil e para grandes movimentações de terra.

O sistema GPS está dotado de um receptor (base móvel) instalado na niveladora que percorre o campo e por um receptor fixo (base estática) de referência em diferencial, ou ainda que define a diferença de deslocamento entre a base móvel e a fixa. Na cabine, ao lado do operador, é instalada uma tela (com computador incorporado – ou de computador industrial) que processa os dados transmitidos do receptor móvel (por cabo) e do receptor fixo (por rádio) e envia um comando eletro-hidráulico que controla a altura da lâmina, o que permite executar o plano no terreno. Isto permite uma precisão de posicionamento horizontal e vertical em torno do centímetro, a uma distância máxima de 5 km entre os dois receptores. Quanto mais aumentar a distância entre os dois receptores, além dos 5 km, menor será a precisão.